Autoridades e Diretores de Entidades conhecem Porto de Singapura

A comitiva da viagem técnica do Fórum Nacional Santos Export ficará em Singapura até sexta-feira (6), conhecendo empresas e entidades ligadas às questões portuárias e de logística

Um grupo de empresas de Singapura, ligadas a tecnologia, segurança, administração portuária e de outros sistemas de transportes, apresentaram seus serviços à comitiva brasileira formada por empresários do setor portuário, representantes de órgãos governamentais e membros dos Legislativos federal e do Estado de São Paulo que estão no país.

A visita ao país asiático faz parte da programação da 17ª edição do Santos Export – Fórum Nacional para Expansão do Setor Logístico Portuário, que acontece nos dias 8 e 9 de outubro, no Royal Tulip Alvorada, em Brasília. Clique aqui (https://forumsantosexport.com.br/) para conhecer a programação e fazer sua inscrição.

Na segunda-feira, os membros da comitiva conheceram o funcionamento do Porto de Singapura, um dos mais modernos e movimentados no mundo. Nesta terça foi a vez de conversar com representantes de empresas públicas e privadas que desenvolvem soluções para a administração de portos pelo mundo e também para outras empresas e governos.

Entre as empresas estavam Ascent (que trabalha com internet das coisas, “smart logist”, rastreamento e controle de contêineres e intermediação de financiamento), APC (mais voltada para o controle de transporte de produtos agrícolas), IM Holding (transformação digital) e ST Engineering, empresa de engenharia e tecnologia que atua em mais de 100 países, com uma variedade de negócios que vai da criação de softwares a construção de satélites.

“Temos aqui uma missão com pessoas do mais alto gabarito para conhecer o Porto de Singapura e também para estreitar as relações entre este país e o Brasil. Singapura é um grande parceiro comercial brasileiro, mas, infelizmente, ainda não é suficientemente conhecido por nós brasileiros. Então, esforços como esse, de trazer mais empresários e tomadores de decisão do Brasil para que conheçam os tomadores de decisão de Singapura, são muito bem-vindos”, disse Flávio Soares Damico, embaixador do Brasil em Singapura há três anos e meio.

Young Thiam Chong, presidente-adjunto para negócios internacionais da ST Engineering, falou do interesse de expandir os negócios de sua empresa no Brasil.  “É um país abençoado, com muitos recursos naturais. Diferentemente de Singapura, que carece desses recursos, mas que apostou no planejamento para crescer”, afirmou.

Em resposta, Henry Robinson, diretor da MSC Mediterranean Shipping do Brasil, lembrou que o Brasil vive um momento de mudanças, com a expectativa da aprovação de reformas. “Estamos diante de uma oportunidade única para que empresas de fora invistam no Brasil”, disse.

Comitiva do Santos Export conhece funcionamento do Porto de Singapura.

O grupo também visitou a PSA, empresa que opera o porto. Lá, conheceram a sala de controle, onde operadores acompanham à  distância a movimentação de contêineres, num processo 85% automatizado, e foram apresentados às iniciativas que pretendem ampliar ainda mais essa automação.

Conheceram, ainda, a PSA Unboxed, centro de inovação que trabalha com mentoria e aceleração de start-ups que vão moldar o futuro do porto.

Por fim, conheceram os trabalhos da PSA University, criada em 1962 e que já treinou mais de 700 mil pessoas para os trabalhos do dia a dia do porto.

A visita incluiu a MPA (Maritime and Port Authority of Singapore), órgão regulador que é subordinado ao Ministério dos Transportes do país,  define as regras de utilização do porto e também está cuidando de sua ampliação.

Apesar de ser um país pequeno, com pouco mais de 5 milhões de habitantes, Singapura se transformou num hub para o transporte marítimo entre a Ásia e o resto do mundo. O Porto de Singapura é hoje conectado a mais de 600 portos no mundo, localizados em 120 países.

A última parte do primeiro dia da visita técnica foi na empresa CrimsonLogic, que desenvolve projetos de soluções digitais na área portuária em 43 países.

 “Essa visita é muito importante para que possamos conhecer a realidade de um porto que se moderniza o tempo todo. Além de permitir o estreitamento das relações e a troca de conhecimento entre os dois países”, disse o senador Wellington Fagundes (PL). Já o deputado federal Júnior Bozzella (PSL) afirmou que a “missão não medirá esforços para que a colaboração entre os dois países aumente.”

Para o presidente da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Mário Povia, a visita acontece num momento muito importante para o Brasil, que discute novos modelos para o sistema portuário. “Ao mesmo tempo, serve para divulgar a agenda de privatizações do governo federal, que não se limita ao setor portuário, afirmou.

Visita técnica

A comitiva dos brasileiros fica em Singapura até o próximo dia sete. Todos os preparativos para o intercâmbio entre brasileiros e singapurenses foram organizados pela empresa Enterprise Singapura. Já  a 17ª edição do Santos Export – Fórum Nacional para Expansão do Setor Logístico Portuário é uma iniciativa da Una Marketing de Eventos, que neste ano conta com a parceria de mídia da Folha de S.Paulo.

Informações para a imprensa com Ivani Cardoso (tel: (11) 999324765



Adicionar Comentário