Ministro da Infraestrutura fecha primeiro dia do Fórum Nacional Santos Export

A 17ª. Edição do Santos Export – Fórum Nacional para Expansão do Setor Logístico Portuário começou nesta terça-feira com grande público e cumpriu todas as etapas da programação, no auditório do Royal Tulip Alvorada, em Brasília. O ponto alto foi a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, recebido pelo diretor-presidente da Una Marketing de Eventos, idealizadora e promotora do Santos Export, Fabrício Julião.

O senador Lucas Barreto, pelo Estado do Amapá, prestigiou o evento e disse que está com muita expectativa em relação aos objetivos do Fórum Nacional.

ABERTURA – Na abertura do evento, com a presença dos integrantes do Comitê Orientador, o coordenador José Roberto Sampaio Campos falou sobre os trabalhos do grupo. Em seguida, Joel Julius, representante da Enterprise Singapura, falou sobre a visita técnica ao Porto de Singapura.

AGRONEGÓCIO – Com o auditório lotado, o primeiro painel foi “A importância do Agronegócio” e trouxe muitas informações e motivou perguntas bem interessantes da plateia. A apresentação foi de Aluísio de Souza Sobreira, Diretor da Associação de Comércio Exterior do Brasil e os debatedores Rodrigo Garcia, vice-governador do Estado de São Paulo; Wellington Antonio Fagundes, senador pelo Mato Grosso; Bartolomeu Braz Pereira, presidente da APROSOJA Brasil e vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás; Luis Antônio Fayet, consultor da Confederação Nacional da Agricultura; Lucas Eduardo Trindade de Brito, executivo da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais e da Associação Nacional dos Exportadores de Algodão. O moderador foi Ricardo Molitzas, gerente-executivo do Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo.

MOMENTO CNT – O Painel 2 foi o Momento CNT, “Gestão e Inovação no Setor de Transporte”, com a participação dos debatedores João Victor Mendes de Gomes e Mendonça, diretor-executivo do Instituto de Transporte e Logística; Silene Magalhães, diretora da Fundação Dom Cabral; Fabio Campos, diretor-executivo da Embry-Riddle Aeronautical University; Gustavo Gardini, diretor de Negócios da Deutsche Bahn International e com o moderador Flávio Benatti, vice-presidente da Diretoria e representante do Setor do Transporte Rodoviário de Cargas da CNT. 

MOMENTO CENTRONAVE – Claudio Loureiro de Souza, diretor executivo do Centro Nacional de Navegação Transatlântica fez a apresentação do Momento CENTRONAVE – “Conhecendo a Indústria Global do Shipping – Os desafios e as propostas do setor”. Como debatedores participaram Elber Justo, presidente da MSC-Mediterranean Shipping Company, e Fernando Medeiros, diretor comercial da Saga-Welco. Leandro Barreto, Diretor da Solve Shipping Intelligente, atuou como moderador.
Loureiro destacou, entre outros pontos, que um dos grandes gargalos do setor é a questão do calado. Segundo ele, 60% da frota de navios que operam nos portos do Brasil precisam de calado máximo igual ou maior que 14 metros. Cada metro de limitação do calado significa cerca de 750 contêineres (TEUs) não embarcados. “Certamente teremos no futuro margens operacionais de maior transparência e maior eficiência com um horizonte de padronização”.

REGULAÇÃO – “Regulação na logística de comércio exterior” foi o painel que teve apresentação de Henry Robinson, membro do Comitê Organizador. Os debatedores foram Mário Povia, diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq); Jesualdo Conceição da Silva, diretor-presidente da Associação Brasileira dos Terminais Portuários; Murillo Barbosa, presidente da Associação de Terminais Portuários Privados; Claudio Loureiro de Souza, diretor do Centro Nacional de Navegação Transatlântica; Cynthia Ruas Vieira Brayer, superintendente executiva da Agência Nacional de Transportes Terrestres; e Benjamin Gallotti Beserra, sócio fundador da Gallotti e Advogados Associados. Como moderador, João Batista de Almeida Neto, ex-presidente do Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo e executivo da Rumo Logística.

MOMENTO PIANC – O Momento PIANC – “Sustentabilidade Ambiental e Gestão de Portos”, teve participação de Hermes Bastos Filho, diretor-superintendente da Praticagem do Estado de São Paulo; Nicholas Pansic, vice-presidente da Associação Mundial de Infraestrutura de Transporte Aquaviário (Pianc); Jacqueline Andrea Venda, chefe de Gabinete da Agência Nacional de Transportes Aquaviários; capitão tenente Adriana Pina, da Diretoria de Portos e Costas, da Marinha do Brasil; e Jennyfer Tsai, diretora de Infraestrutura da Companhia Docas do Estado de São Paulo.

BRASIL EXPORT – O diretor-presidente da Una Marketing de Eventos, idealizadora e promotora do Santos Export, Fabrício Julião, lançou um novo projeto, o Brasil Export, na abertura oficial do Fórum Nacional.

“Quero anunciar em primeira mão que iniciaremos um novo ciclo com o lançamento do Brasil Export, nome que melhor expressa a maioridade que estamos prestes a adentrar. A partir do próximo ano teremos um calendário que se iniciará em abril, com as edições Norte Export, Nordeste Export, Centro Oeste Export, Sul Export e Santos Export abarcando toda a região Sudeste. Esta série de fóruns, que expressarão as peculiaridades regionais deste imenso país, culminará com a edição, aqui em Brasília, do Brasil Export, em outubro de 2020, seguido da missão técnica internacional, em novembro, ao porto estrangeiro que esta comunidade definir como o case ideal a nos trazer novas experiências.”

MOMENTO SOPESP – O Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo marcou presença para comemorar os 25 anos de atividades da entidade, no ato representada pelo ex-presidente João Almeida.

(Fotos Alessandro Dias/Folha de S.Paulo)



Adicionar Comentário